• Funcionamento

    Segunda - Sexta : 08:00 - 17:30

  • Contate-nos

    contato@visio.com.br

  • Ligue agora

    +5519 3343 3333

FAQ

Perguntas frequentes

Esclareça suas dúvidas, conhecendo mais sobre os nossos produtos. Nessa seção você poderá esclarecer a maioria de suas dúvidas, relacionadas aos nossos produtos.

O que é BI

O que são WMS?

WMS é a sigla em inglês para Warehouse Management System, ou “Sistema de Gerenciamento de Armazém”, em português. WMS é uma parte muito importante da cadeia de suprimentos, e fornece a rotação dirigida de estoques, diretivas inteligentes de picking, consolidação automática e cross-docking para maximizar o uso do espaço nos armazéns. O WMS também dirige e otimiza a disposição de “put-away” ou “colocação no armazém” (em português), baseado em informações de tempo real sobre o status do uso de prateleiras. WMS tem a função de controlar estoques e permite que um armazém seja automatizado, e por esse motivo é muito utilizado em supermercados. O WMS faz parte do sistema SAP, que pode ser usado para controlar toda uma empresa. WMS operacional significa que a empresa depende menos da experiência das pessoas, uma vez que o sistema tem inteligência para operar o sistema. Sistema WMS Os sistemas WMS utilizam tecnologias de Auto ID Data Capture, como código de barras, dispositivos móveis e redes locais sem fio para monitorar eficientemente o fluxo de produtos. Após todos os dados serem coletados, a WMS faz uma sincronização através de uma base de dados centralizada, que pode ser por processamento de todo um lote, como por transmissão em tempo real através de redes sem fio. Esse banco de dados pode ser utilizado para fornecer relatórios úteis sobre o status das mercadorias no armazém. Muitos sistemas WMS têm interface com sistemas do tipo Enterprise Resource Planning (ERP), Planejamento de Recursos da Empresa (MRP) ou com outros tipos de softwares de gestão, o que permite uma forma de se receber automaticamente inventários, processar pedidos e lidar com devoluções.  

O que significa CRM?

CRM é uma sigla utilizada para a expressão customer relationship management, que significa gestão de relacionamento com o cliente. É um conjunto de estratégias e ações utilizadas com foco no cliente, para que as empresas possam oferecer aos seus consumidores produtos e serviços que estejam de acordo com suas necessidades. A ferramenta de gestão de relacionamento com o cliente, através da coleta de dados por meio de um software, reúne informações que podem auxiliar a melhorar as práticas adotadas pelas empresas no seu relacionamento com os clientes. Para que serve o CRM? O CRM é uma ferramenta de marketing, composta por diferentes tipos de ações que são usadas para analisar a eficiência da comunicação da empresa com seus clientes. O objetivo do CRM é melhorar o relacionamento entre o cliente e a empresa. As técnicas e dados coletados através do sistema de gestão de relacionamento devem ser usados para que a empresa consiga atender as necessidades de seus clientes da forma mais satisfatória possível. A ferramenta serve para ajudar uma empresa a perceber quais são estas necessidades, além de ser um instrumento para melhorar as vendas dos produtos ou serviços oferecidos. A gestão de relacionamento com clientes funciona a partir do uso de tecnologias de marketing, especialmente através da coleta e do armazenamento de dados de clientes antigos e de possíveis novos clientes. O cadastro formado pode ser utilizado para oferecer serviços, manter uma lista das compras e serviços utilizados pelo consumidor e acompanhar o histórico de relacionamento e comunicação entre cliente e empresa. Objetivos do CRM Através da gestão de relacionamento com os clientes, as empresas podem decidir estratégias e definir ações para atender as demandas de seus clientes. Isto quer dizer que as práticas adotadas pelas empresas, a partir das informações obtidas com o CRM, serão usadas com foco exclusivo nas necessidades dos consumidores. Assim, são alguns dos objetivos que podem ser atingidos por meio desta ferramenta: acompanhamento do relacionamento entre a empresa e os seus clientes, organização e melhora de processos internos e externos da empresa, tornar os clientes consumidores fiéis da marca (fidelização), planejamento das ações futuras com foco no cliente, coleta de dados que ajudem a diminuir custos da empresa, aumento do lucro a partir do oferecimento de serviços mais adequados e da redução de custos. Como funciona o CRM? O CRM é uma ferramenta de gestão formada por um conjunto de dados e estratégias desenvolvidas e aplicadas com foco no relacionamento com o cliente. O funcionamento do sistema de CRM acontece a partir de um software que possui diversas funções de controle de dados. Essas funções servem para acompanhar e gerenciar o relacionamento de uma empresa com seus consumidores e possíveis novos clientes. Registro do histórico de relacionamento entre a empresa e o cliente Esta é uma das ferramentas mais úteis do CRM. Trata-se do armazenamento de dados relacionados ao relacionamento de uma empresa com o seu cliente, tais como: histórico de compras efetuadas, serviços já prestados, contatos feitos entre a empresa e o cliente, registros de atendimento pós-venda. O armazenamento deste tipo de informação permite que a empresa possa avaliar suas estratégias e tomar medidas para melhorar e personalizar o atendimento ao seu cliente. Assim a empresa pode focar na necessidade e individualidade de cada consumidor ou grupo de consumidores. Planejamento de ações futuras Os dados coletados podem ser usados para que a empresa tenha mais clareza sobre quais produtos ou serviços podem ser oferecidos aos seus clientes. Com os dados recolhidos e organizados, as empresas podem planejar futuras ações de marketing, novas campanhas de vendas e ofertas de serviços personalizados, como foco na individualização de cada tipo de cliente.

O que é ERP?

O Enterprise Resource Planning (ERP) é o gerenciamento integrado dos principais processos de negócios, geralmente em tempo real e mediado por software e tecnologia. Geralmente, o ERP é referido como uma categoria de software de gerenciamento de negócios – tipicamente um conjunto de aplicativos integrados – que uma organização pode usar para coletar, armazenar, gerenciar e interpretar dados de muitas atividades de negócios. O ERP fornece uma visão integrada e continuamente atualizada dos principais processos de negócios, usando bancos de dados comuns mantidos por um sistema de gerenciamento de banco de dados. Os sistemas ERP rastreiam os recursos comerciais – dinheiro, matérias-primas, capacidade de produção – e o status dos compromissos comerciais: pedidos, pedidos e folhas de pagamento. Os aplicativos que compõem o sistema compartilham dados entre vários departamentos (manufatura, compras, vendas, contabilidade etc.) que fornecem os dados. ERP facilita o fluxo de informações entre todas as funções de negócios e gerencia as conexões com as partes interessadas externas. O software do sistema corporativo é uma indústria multibilionária que produz componentes que suportam uma variedade de funções de negócios. Os investimentos em TI tornaram-se a maior categoria de investimento em negócios nos Estados Unidos no passado década. Embora os primeiros sistemas ERP se concentrem em grandes empresas, as empresas menores usam cada vez mais os sistemas ERP. O sistema ERP integra diversos sistemas organizacionais e facilita transações e produção sem erros, aumentando assim a eficiência da organização. No entanto, o desenvolvimento de um sistema ERP difere do desenvolvimento tradicional do sistema. Sistemas ERP são executados em uma variedade de configurações de hardware e rede de computadores, geralmente usando um banco de dados como repositório de informações.